Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

Deixo o meu coração pendurado em casa

O meu bebezoco está doente e eu estou de viagem. Já há uns dias que o Tiago andava constipado e nos últimos dois dias a tosse ficou mais forte e com mais expectoração. Ontem ao final da tarde percebemos que algo se passava com a respiração dele e fomos às urgências. Percebi que algo estava menos bem quando ele recebeu uma pulseira laranja... Primeiro diagnóstico na triagem, falta de ar... Passámos ao gabinete médico e o que eu temia, uma bronquiolite, tinha-se instalado. É incrível como isto chega sem avisar, se instala e dá sinal em menos de nada. Fiquei sem chão naquele momento. Como foi isto acontecer? Porque é que o meu bebé está assim? O que foi que eu fiz de errado? Realmente as doenças não escolhem nunca as melhores alturas para chegar. Isto tinha de acontecer logo esta semana em que eu vou estar longe, sem poder dar mimos de mãe ao Tiago. Fica o paizão de serviço. Serviço de mimo, serviço de enfermagem, serviço de cuidados máximos para que o Tiago melhore rápido. Deixo cá o meu coração pendurado, ancorado ao meu bebé... À espera de ir recebendo boas notícias, notícias de melhoras, mas receosa de tudo. Valem-me as pessoas que nos rodeiam nos quererem bem e ter uma série delas que se prontificaram em ajudar-nos. Isto de não ter família, os avós, por perto é realmente complicado nestas alturas. Vou, mas preferia não ir. Vou, mas queria tanto poder ficar. Imaginava que isto pudesse acontecer, mas não esperava que fosse já. Dizem-me que isto só está a começar, acredito. Dizem-me que o meu coração há de ficar mais forte, não sei, coração de mãe sofre sempre, mesmo quando eles forem adultos, pelo menos é o que a minha mãe me diz. Como é que se gere isto? Como é que se faz para ter a cabeça num sítio quando o coração está noutro? Aqui vou eu... Até já... Beijocas...

IMG_20161204_211912.jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D