Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

Noites assim🙏😊

Há já pelo menos 1 ano e quase 1 mês que as manhãs começam bem cedo cá por casa, tipo 6:30 e quando temos sorte, 7:00 da manhã.

 

Hoje, e repito HOJE!, porque foi SÓ hoje, fomos uns sortudos! Não sei porquê nem como, o Tiago dormiu até às 8:30!!!

Não estão bem a ver a festa que fizemos quando ele acordou! Lançámos foguetes, apanhámos as canas, houve arraial, bailarico e quermesse!😂

Bem verdade que andávamos todos cansados, Tiago incluído. Todas as manhãs têm sido uma guerra para o vestir porque choraminga a cada minuto, come e fica tão sonolento que ainda nem saímos da garagem a caminho do infantário que já dorme.

Ao fim do dia é outra guerra, sobretudo agora que andamos na tentativa de não o deixar dormir ao final do dia. É birrinha atrás de birrinha. Já não há quem aguente aquela choraminguice toda. Por vezes estala-nos o verniz e sai-nos uma palavra mais áspera, num tom mais alto (e logo a seguir arrependemo-nos)...

 

Mas hoje o dia começou de forma bem diferente, mais descansados, quase revigorados.

Acordar às 8:30 da manhã é tão raro como  poder comer caracóis em Dezembro ou Ferrero-rocher em Julho😜.Por isso esta alegria toda!

Se isto se vai manter? Duvido! Foi só uma vez, para nos recordarmos como é bom acordar tarde (como se acordar às 8:30 seja acordar tarde😏) e que falta poder dormir bem e até tarde nos faz.

Os sintomas de noites curtas ainda por aqui estão todos, visão turva, esquecimentos, molenguice, falta de reacção (ou reacção em câmara lenta).

A privação de sono, ou apenas noites mal descansadas deixam-nos de rastos.

Olheiras a chegar à cintura, pouca ou nenhuma vontade de fazer o que quer que seja para além do obrigatório. A pessoa que vemos ao espelho de manhã nem sabemos quem é, depois do banho lá nos começamos a reconhecer e então depois de uma maquilhagem aplicada lá aparece a pessoa que sabíamos que éramos.

Acordar suuuuper cedo durante muito tempo seguido é cansativo... É de um esforço gigantesco aguentar dias a fio a trabalhar (emprego+casa)...

Mas o sorriso dele, as palavras que mal se percebem mas que querem dizer tudo! Não há nada que substitua o sentimento de ser mãe depois de o ser. Antes não tinha noção e ainda menos percebia o que as "já mães" diziam sobre dormir pouco e mal e mesmo assim ter forças para tudo. Valido e bem tudo isso.

 

Se hoje sou uma pessoa mais cansada, também sou uma mulher mais preenchida, mais amada, mais grata!

 

Vivam as raras noites de sono descansado!

 

Votos de uma santa noite a todos, em especial à minha N. que dormirá esta noite sonhando com a hora em que amanhã terá a sua M.E. nos braços!

 

Beijocas!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D