Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

Viajar para fora do nosso país com um bebé. Como preparar a viajem?

viajar.jpg

 

Vamos fazer a primeira viagem para fora de Portugal com o Tiago, será a sua primeira vez a viajar de avião. 

Não vamos para longe, mas mesmo assim há preocupações que temos de ter em conta, sobretudo quando viajamos com bebés de colo que ainda não sabem dizer o que sentem. 

Quando eles já são maiores o melhor é mesmo conversar com eles e explicar o que vai acontecer, para onde vão e até pedir-lhes opinião sobre o que gostariam de visitar ou fazer caso já tenham algum tipo de conhecimento do local de destino. Isso fá-los sentirem-se parte do processo de organização e será mais fácil embarquarem na aventura!

Ao Tiago fomos explicando que vamos ter com os tios e a prima e que vamos passear, descansar, praiar, brincar, muito!

 

Em relação à preparação da viajem, a primeira coisa que fiz foi emitir o Cartão Europeu de Saúde para todos nós. 

Este cartão serve para que estando num qualquer país da união europeia (e ainda mais alguns que não pertencem à UE) possamos ser atendidos pelos serviços de saúde desse país estando identificados o portador e a entidade responsável pelo custeamento da prestação de serviços médicos necessários. 

A emissão deste cartão é super simples, bastando aceder aos serviços da Segurança Social Direta entrando na nossa conta. O pedido é feito online e o cartão é depois enviado para a nossa morada. 

Muito importante de referir que o cartão é completamente gratuito e tem data de validade, sendo que terá de ser pedido novo cartão após a caducidade do anterior. 

 

Também de grande importância foi falar sobre esta viagem à pediatra para que ela me aconselhasse o que poderia ser melhor para ele e sobretudo verificar se estaria tudo bem com o Tiago para fazer esta viagem. Como tínhamos a consulta dos 12 meses agendada foi um "all in one". 

 

Para quem viaja para fora da união europeia existe também a consulta do viajante onde se pode identificar potenciais problemas de saúde no país de destino tendo em conta os nossos antecedentes e fazer a vacinação necessária para ficar imune a várias doenças que não existem na Europa.

 

Quanto à pressão nos ouvidos, quando viajamos de avião, não há grande coisa a fazer para a evitar, mas os truques são o bebé estar em sucção, quer da chupeta ou então do biberão para que a diferença de pressão não o afecte tanto.

Um truque para os adultos, vão munidos de mono doses de soro fisiológico e quando sentirem que os ouvidos estão sob pressão, apliquem uma gota de soro em cada narina. 

 

Algo a pensar e a não esquecer é levar todo o tipo de medicação de que o bebé precise e ainda aquela que usualmente podemos dar, tipo Ben-U-Ron supositórios e xarope, bálsamo para os dentes, etc... Não que no local para onde vamos não haja esse tipo de medicação, mas as marcas são diferentes e pelo menos assim temos a certeza das dosagens e da reação do bebé a eles. 

Já em relação a artigos que se encontram em todo o lado, decidimos deixar muitas coisas para comprar no destino, sobretudo para não serem peso adicional nas nossas malas, tais como, fraldas (levamos apenas as necessárias para a viajem de ida), toalhetes/compressas, fraldas de praia, artigos de higiene para os adultos.

 

viajar2.jpg

 

 

Depois, há uma série de recomendações que podemos consultar online nos sites das companhias aéreas (optem pelo site da companhia aérea pela qual viajam para obter as informações necessárias), mas não deixem de ligar para esclarecerem quaisquer tipo de dúvidas como o peso da mala de porão do bebé, o tipo de alimentação de bebé que podem levar na mala de cabine, a existência de refeições para bebé a bordo.

 

Multiplicam-se os artigos na internet onde podem ler um pouco mais sobre o tema, por isso se forem viajar dêem uma vista de olhos para se organizarem ainda melhor. 

Dicas aquiaqui ou aqui.

 

Esta é a nossa primeira viajem para fora do país a 3 de muitas, espero eu!

 

Beijocas e boas viajens!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D