Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

My Love Story

Mãe de primeira viagem, vivi deslumbrada com esta nova história de amor que se vai escrevendo desde a minha gravidez! Partilho agora os nossos momentos, os bons e também os menos bons...

As grandes conquistas do meu bebecas rapazote

IMG_1317.JPG

 

 

Entrámos numa nova etapa, numa nova fase em que o crescimento do Tiago, quer física como intelectualmente parece acelerar de 2a para 6a velocidade.


É incrível como de repente, depois da entrada nos 9 meses, ele parece absorver o que vê e ouve em menos de nada. 

Coisas como acenar o adeus com a mãozita. Num dia, pela primeira vez abanou a mão e depois disso começou a fazê-lo quando lhe dizemos "Xau, Xau!" e inclusive emite um som muito parecido com "Xau, Xau!".


Coisas como tentar pôr-se de pé e aguentar o peso do seu corpo, foi de uma semana para a outra que o conseguiu.


Coisas como enquanto rasteja ter noção do espaço e do fim da cama ou do sofá e não se tentar lançar para o abismo, parando, observando e chegando-se atrás.


Coisas como ir às compras comigo e ir todo contente no carrinho das compras, dispensando agora o carrinho dele o que me deixa fazer compras a sério!

IMG_1319.JPG

 


Coisas como mudar de assento no carro dos papás, saindo do ovo (que ja está armazenado na arrecadação) e agora assentar poiso numa cadeira que o deixa olhar para nós e para o mundo lá fora. Sim vai virado a favor da marcha, é menos seguro mas ele já andava farto de olhar para trás e fazia birras de meia noite que me obrigavam a parar o carro e ter de o ir consolar (a modos que na autoestrada isso não dá muito jeito...).

IMG_1320.JPG

 


Coisas como saber que se não quer mais sopa pode sempre cerrar os lábios para que a colher não entre com mais sopa, mas assim que sente o sabor da fruta... abre a boca e come todo regalado.


Coisas como ficar excitado ao ver os vídeos do Panda e do Pocoyo, sorrindo e emitindo sons de contentamento durante os mesmos.


Coisas como bater palmas, mas de uma forma bastante descoordenada, que mais parece que quer agarrar as próprias mãos para logo a seguir as deixar fugir.


Coisas como fazer frente ao sono, tentando não adormecer, mas sempre que encosta a cabeça os olhos fecham, para passado uns segundos os voltar a abrir e voltar à carga com mais voltas e voltas que nos fazem lembrar um parafuso!


O meu bebé está a deixar de ser bebé, está a passar a ser um rapazola, um bebecas rapazote!

Este último mês tem sido para ele aquela etapa em que grandes mudanças se fazem notar e nós estamos a adorar!

Anseio pelo dia em que ele dará os primeiros passos mas até lá temos tempo de curtir todas as novidades que vão surgindo a cada semana!

Beijocas!!!

Um passeio pela quinta, bem no meio da cidade

na quinta 2.jpg

 

 

Há lugares mágicos nesta cidade, que até a mim me fazem bem e a Quinta Pedagógica dos Olivais é um desses sítios. Parece que de repente saio da cidade, até os sons mudam e deixo de ouvir o constante refilar dos carros em filas de trânsito infernais, o passo apressado das pessoas no passeio que parecem passar sem perceber que há outros seres que por eles passam.
É incrível como parece que ficamos submergidos naquela pequena micro-esfera de um género de mundo paralelo que nos leva para longe da cidade crepitante.

Conheço esta quinta há alguns anos, desde que a visitávamos com as nossas sobrinhas. Agora que o Tiago já percebe o que o rodeia decidimos ir visitar a quinta com ele e apresentar-lhe os animais.

Acho que nós delirámos mais do que ele, mas pelo menos fica para ele a noção de que existem outros bicharocos para além de gatos e cães.

As primas deliram de cada vez que lá vamos e espero que um dia mais tarde o mesmo se passe com o Tiago. 

Quando lhe apresentámos as galinhas ele ainda se assustou porque houve uma que se lembrou de se espantar e tentar levantar voo 😏

Agora temos também direito a um quiosque onde podemos beber café e sentar na esplanada e aproveitar o sol, quando o há! Há portanto mais condições para passar ali umas horas a desfrutar de um ambiente catita.

Para quem ainda não visitou, passem por lá assim que houver uns raios de sol!

(http://quintapedagogica.cm-lisboa.pt/index.php?id=3782)

Beijocas!!!

 

Caixas Herméticas, a nossa escolha

Quando comecei a introdução de alimentos nas refeições do Tiago, procurei caixas herméticas para poder acondicionar sopas e fruta em porções individuais.

Encontrei um sistema que me pareceu bom, da marca Miniland. As caixas tinham um formato fácil de transportar e de arrumar e não custavam "os olhos da cara". (http://www.minilandbaby.com/en/product/food/airtight/item/111-set-4-hermisized)
Com o uso diário fui percebendo que realmente o formato era bom de usar mesmo para dar as refeições diretamente das caixas quando estávamos fora de casa e sobretudo eram cómodas para transporte para o infantário.
Eram portanto baratas (4 caixas por cerca de €7 na Prénatal, valor médio de €1,75 por caixa) e eram ergonómicas.

Bem, com o uso, o barato tornou-se caro. Embora as caixas fossem passíveis de ser armazenadas no congelador, grande parte das tampas quebraram com o frio e deixei portanto de ter caixas suficientes para armazenar as sopas e fruta do Tiago.
Procurei contactar a marca para saber se vendiam tampas avulso e por acaso foram atenciosos e prontificaram-se a enviar-me 4 tampas (na altura era a quantidade de tampas que se tinham estragado) de forma gratuita, tendo apenas que pagar os portes de envio. Grande problema?! O envio das 4 tampas ia custar-me o mesmo que comprar 8 caixas com tampa, e portanto desisti dessa possibilidade. 
Como das 10 caixas já apenas 4 estavam operacionais, decidi procurar outra marca.
O Rui tinha visto algo sobre as caixas herméticas da Philips Avent e fui em busca das mesmas. (http://www.philips.pt/c-p/SCF720_10/avent-copos-de-armazenamento-de-alimentos-avent)
Encontrei um pack (no El Corte Inglês) por aproximadamente 31€ com 20 caixas. Já aqui o valor estava bem mais a favor da Avent que da Miniland.
Quando usei estas caixas pela primeira vez, percebi que o fundo das caixas encaixa perfeitamente no topo das tampas, o que dá ainda mais estabilidade às mesmas quando alimento o Tiago fora de casa.

Com o uso diário fui tendo a noção de que estas últimas eram mais resistentes que as primeiras e sendo o valor das mesmas de sensivelmente €1,55 devo manter-me fiel a estas por todas as suas características.

Espero ter ajudado na escolha das vossas caixas herméticas!

Beijocas!!!

A experiência do baby led weaning cá por casa

Ainda não tinha tido tempo nem pachorra para sentar o Tiago a comer vegetais cozidos. Ainda não me tinha apetecido sujar o chão da sala com tudo o que eu iria colocar no prato do Tiago e ele iria tão simplesmente atirar ao chão. Ainda não me tinha virado para fazer algo que sempre achei que iria ser natural, mas a verdade é que preparar alimentos para que um bebé possa comer requer planeamento, mais uns quantos tachos ao lume e pensar no pós-experiência (limpar e desinfectar tudo e todos...). Sim, sim, chamem-me preguiçosa... Bem mas vamos ao que interessa. Ontem ao jantar nós crescidos íamos degustar um pitéu: miminhos de pescada cozidos com batata, brócolos, cenouras e ovo! Até parece que vos ouço "😋 Huuum que delícia!" 😂😂😂 Como ia preparar os legumes para nós, tirei uma parte para o Tiago e decidi-me tentar a nossa sorte no mundo do "baby led weaning". Antes de apresentar o pitéu ao Tiago, dei-lhe o jantar, sopinha e fruta, até porque sabia que para primeira vez, ele não deveria comer absolutamente nada do que lhe pusesse no prato. Bem lá cortei os legumes (do tamanho do punho do bebé e em palitos) e cozi, sem sal. Coloquei no belo do prato que lhe comprei no Natal, o Prato Mini Happy Mat Verde - EZPZ. Sim, custou os olhos da cara, mas achei piada serem de silicone o que evita a proliferação de bactérias, aderirem à mesa para evitar que o bebé os derrube (assim pelo menos só derruba a comida que está no prato😁) e o melhor, poder lavar-se na máquina da louça! Quando cheguei com todo aquele aparato ao pé do Tiago ele parou, olhou e analisou a situação. "O que quer a minha maaa-ma que eu faça com isto?" E não esteve com muitas demoras, lançou-se à cenoura e pimbas, boca! Depois investigou aquela coisa verde que pareciam árvores em miniatura e não gostou do aspecto. Portanto, coisas verdes... Chão! O piadão que eu e o Rui estávamos a achar àquilo tudo!!! Sentámo-nos todos à mesa e degustámos a nossa refeição em conjunto pela primeira vez! No fim, bem, no fim não achei muita piada a ter que jogar ao jogo do apanha, de cu para o ar a apanhar do chão os pedacinhos de brócolos esmagados, enquanto o Tiago já tinha passado à segunda sobremesa, a revista Pais&Filhos de Dezembro 😂😂😂 Não correu bem, não! Mas também não acho que tenha corrido absolutamente mal. Foi a primeira vez que ele meteu a mão nos vegetais, e como qualquer primeira vez, é preciso dar tempo ao tempo até que perceba o que deve fazer com aquelas coisas coloridas. Há de chegar o dia em que será ele quem vai ditar o que as nossas refeições podem conter e nesse dia vou ter que o pôr na linha😊 Beijocas!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D